Tatuagem Trash Polka

Hello Weirds, vem ver Conferir um pouco mais sobre o estilo de Tatuagem Trash Polka! Mas antes, Curtam nossa fã page! Sigam nossos Instagrans @PamelaAuto / @bloglmbw e Inscrevam-se no Canal do Youtube para não perderem as news!

Vocês sabem que sempre gosto de trazer estilos de Tatuagens diferentes por aqui. Esse estilo Trash Polka é bem inusitado e eu o vi em uma das minhas andanças pela internet e não poderia deixar de trazê-lo para vocês conhecerem.

Um de seus fundadores, Volko Merschky, define o estilo como “uma fusão de realidade e destruição; de natureza e abstrato; de tecnologia e humanidade; passado, presente e futuro; opostos que estão tentando se fundir em uma dança criativa pela harmonia e um ritmo em sintonia com o corpo”.

Mas o que  realmente significa?

O estilo foi criado por Volko e sua sócia no Buena Vista Tattoo Club em Würzburg, Alemanha, chamada Simone Pfaff. O nome dado ao estilo nasceu em 1859, tirado do título de uma peça de Johann Strauss II: “Tritsch Tratsch Polka”, uma música que os dois tatuadores admiram muito e têm o costume de escutar quando não estão tatuando.

As opiniões em geral são bastante extremas: Há quem ame ou odeie o estilo, mas não existe meio-termo. O aspecto agressivo, ousado e forte não é de fácil aceitação pelo público geral. O que o define é uma combinação de traços chapados, normalmente apenas em vermelho e preto, misturando desenhos fortes com “splashes” de tinta que se assemelham à pinturas e frases fortes. (junkiesdeconteudo)

 

Confiram o estilo Trash Polka:

Tatuagem Trash Polka Trash Polka

Trash Polka Trash Polka Trash Polka Trash Polka Trash Polka Trash Polka Trash Polka polka_trash_by_camosarttattoo-d6rixuv trash-polka-composition trash-polka trash-polka-sleeve trash-polka-tattoo-8 trash-polka-tattoo-27

A primeira impressão pode parecer algo muito estranho, mas é impressionante a riqueza de detalhes e traços que esse estilo de Tattoo tem!
Imagens abstratas misturadas com algo bem dramático e marcante, com certeza essas são as maiores características do Trash Polka.

E ai, quem curtiu?

XOXO

pamela-auto

pamela-auto-blog-let-me-be-weird

Share This:

Deixe um Comentário